Ostomizados de Friburgo precisam de ajuda.

 

 

 

 

:| BANHEIROS PARA OSTOMIZADOS NO JAPÃO |:

 

 

O Japão teve o seu primeiro banheiro para ostomizados instalado em um escritório da Prefeitura de Narashino em l998, como resultado dos esforços da Sra. Teruko Murayama, atual Vice-presidente da JOA (Japan Ostomy Association, Inc).

 

Essa e outras informações relativas ao assunto, obtivemos na página da JOA que nos foi sugerida por uma colaboradora brasileira, residente nesse país.

 

Para conhecer a Home Page da Associação dos Ostomizados Japoneses - JOA (Japan Ostomy Association, Inc), clique no link a seguir:

 

 

A seguir veremos a tradução dessa página.

 

 

 

BANHEIROS PARA OSTOMIZADOS - JOA (Japan Ostomy Association, Inc.)

 


 

Imagem indicadora do tópicoA necessidade de Banheiros para Ostomizados.

 

 

Muitos Japoneses ostomizados hesitam em sair de suas casas e em ter uma vida socialmente ativa em suas comunidades. Eles se preocupam com a maneira que esvaziarão suas bolsas coletoras fora de suas residências. É, particularmente, estressante e lhes provoca pânico o fato de terem que lidar com os eventuais vazamentos de dejetos ou de urina quando estão em público.

 

Em uma pesquisa da JOA, 50% dos ostomizados japoneses mostraram esse sentimento de impotência. Assim, pode-se dizer que a disponibilização de banheiros públicos para o atendimento adequado aos ostomizados é a chave para aumentar a sensação de bem-estar e a reabilitação desses indivíduos em sua comunidade.

 

Neste relatório, o termo "Banheiros adaptados para Ostomizados" será abreviado para "Banheiros para Ostomizados."

 

 

Imagem indicadora do tópicoInstalações em Edifícios Públicos.

 

 

A instalação de banheiros para ostomizados foi iniciada pela ação da Sra. Teruko Murayama, a atual Vice-presidente da JOA e responsável pelo núcleo de Chiba.

 

Percebendo a necessidade de se construir banheiros para ajudar os ostomizados e tentando resolver esse problema quando estivesse longe de sua casa, a Sra. Murayama apelou para os passantes nas ruas e para os funcionários da Prefeitura. Os companheiros ostomizados da JOA, em seu distrito, juntaram-se a ela e cooperaram com seus esforços.

 

Como resultado, o primeiro banheiro para ostomizados estava instalado em um Escritório da Prefeitura de Narashino em l998.

 

Essa realização encorajou semelhantes atividades em outras filiais da JOA e, assim, as instalações de banheiros para ostomizados foi gradualmente expandida para vários escritórios da cidade, locais públicos e outros edifícios públicos de Chiba e outras Prefeituras. A JOA informou que a instalação de 70 destes banheiros foi alcançada e que foram planejados mais 120 para meados do ano de 2000.

 

Entretanto estas instalações não são suficientemente numerosas para cobrir as áreas freqüentadas pelos ostomizados. Contudo, elas estimulam a construção de instalações adicionais em edifícios privados e despertam a consciência pública das necessidades, sem igual, de um ostomizado.

 

 

 

Imagem indicadora do tópicoInstalação em Terminais de Transporte.

 

 

O Governo Japonês sancionou a "Lei do Transporte sem Barreiras" em abril de 2000, visando criar um sistema de transporte mais apropriado e confortável para os idosos e deficientes. As especificações dos banheiros para pessoas deficientes também eram revisadas de acordo com essa Lei. Essa foi a primeira vez que as necessidades dos ostomizados foram observadas e incorporadas em Lei, como resultado de discussões dentro do comitê de planejamento de MLIT (the Ministry of Land, Infrastructure and Transportation). Adicionalmente, um símbolo (um pictograma) era desenvolvido para indicar a presença de instalações sanitárias especiais para ostomizados a ser exibido na entrada de cada banheiro.

 

Alinhada com esse movimento do legislativo a JR (the Japan Railways-former National Railways- Estradas de ferro do Japão...), em setembro de 2000, instalou protótipos de banheiros nas 3 estações mais importantes da área de Tóquio e os liberou para uso dos ostomizados.

 

A coleta e análise das opiniões dos ostomizados no campo são contínuas e serão refletidas nas futuras instalações.

 

Os banheiros em terminais de transporte precisam lidar com o uso maciço e complicado (por exemplo o uso freqüente de pessoas de várias idades e necessidades médicas), restrições espaciais e severas restrições de custos para tornar possível a construção de instalações amplas e numerosas.

 

Por outro lado, acredita-se que a construção desses banheiros, na maioria dos terminais de transporte, muito contribuirá para tornar ativa a vida dos ostomizados.

 

Esse processo está sendo estendido para as estradas de ferro privadas e essas instalações estão sendo testadas em algumas das estações das cidades mais importantes.

 

 

Imagem indicadora do tópicoExemplos.

 

Exemplo : Instalação em um Escritório da Cidade - tipo funcional completo (Fig.1 e 2).

 

Nesse exemplo são colocadas em um banheiro espaçoso as instalações e os equipamentos para as necessidades dos ostomizados, em uma variedade de situações.

 

Note que (a) e (c) são instalações de uso geral. Veja, também, que os suportes de papel higiênico foram colocados ao alcance dos braços em (a), (b) e (d).

 

 

Figura 1
Fig.1
Figura 2
Fig.2

 

a) Vaso sanitário.


b) Pia pequena com um ponto de água morna (para descartar conteúdo da bolsa e lavá-la em uma posição vertical).


c) lavatório.


d) Pia de tamanho médio com um espelho e uma saliência para segurar um chuveiro de água morna (para lavar ou mudar a placa e limpar ou enxaguar a pele em torno do estoma)


e) Pia grande e funda (para lavar roupas sujas, etc.)

 

Este protótipo tem como objetivo adicional estudar a relação custo-benefício para o atendimento previsto e o design mais prático e ideal.

 

Exemplo 2: Instalação em uma estação de JR (Estação de trens)- tipo mais simples (Fig.3).

 

Neste projeto a instalação (b) do exemplo 1 foi combinada com (a) tendo um ponto de água fixo para (a).


Esta instalação foi planejada como um protótipo para atendimento das funções básicas e se propõem a modificar as instalações existentes para, eventualmente, alcançar um resultado prático e ótimo podendo assim ser distribuído ao longo do país.

 

 

Figura 3
Fig.3
Figura 4
Fig.4

 

 

 

Exemplo 3: Instalação em um hotel - tipo intermediário (Fig.4).

 

Este banheiro já foi colocado em uso prático por ostomizados registrados como convidados de um hotel. Tem as facilidades (a) e (d) mencionadas acima e é um projeto intermediário entre o exemplo1 e o exemplo 2.

 

A principal diferença entre o exemplo 3 e os dois exemplos anteriores é o modo (b) e (a) que são combinados. Nessa instalação, um ponto de água morna (b) é retirado de sua posição original (veja Figura 4) e pendurado na frente da caixa de descarga, em uma altura apropriada para facilitar a lavagem da bolsa. Isto exemplifica a diferença custo-benefício caso por caso em relação ao projeto base.

 

 

Imagem indicadora do tópico Requisitos básicos de um Banheiro para Ostomizados.


(extraído previamente do guia do MLIT - the Ministry of Land, Infrastructure and Transportation, já mencionado)

 

1) Banheiro e instalações relacionadas.

 

- Vaso sanitário ou pia com sistema de esvaziamento para descartar conteúdo da bolsa (a) ou (b) nos exemplos acima.

 

- Pia com sistema de esvaziamento para lavar as bolsas sujas - (a) ou (b).

 

- Chuveiro de água morna para lavar ou mudar a placa e enxaguar ou limpar a pele em torno do estoma (d).

 

 

2) Acessórios.

 

- recipiente pequeno para descartar os dejetos armazenados nas bolsas;

 

- cabides e prateleiras;

 

- Espelho grande para facilitar a ajustagem das placas ou das bolsas;

 

3) Ajustamento ambiental.

 

- ventilação forçada;

 

- símbolo do ostomizado colocado na entrada do banheiro para indicar que aquela é uma instalação para ostomizados (Fig.5 e 6).

 

 

Figura 5
Fig.5
Figura 6
Fig.6

 

 

Imagem indicadora do tópicoNotas para Futuras Instalações.

 

Como resultado da instalação e uso dos banheiros para ostomizados que estão atualmente em uso, foram obtidos as seguintes informações para instalações futuras.

 

1) Considerações para uma variedade de usos.

 

- Ostomizados com tipos diferentes de ostomias tem necessidades e questões diferentes das quais se deve lidar em várias ocasiões.

 

- Basicamente, os banheiros para ostomizados no Japão são compartilhados com outras pessoas deficientes, então, suas necessidades também devem ser consideradas (se assegurando o espaço ideal para o livre movimento de uma cadeira de rodas e a altura de acesso apropriada ao equipamento etc...).

 

2) Otimização total.

 

- Além das funções necessárias outros fatores como custo, espaço, maneira de usar e controle de utilização devem ser considerados e aperfeiçoados como um todo.

 

- De acordo com o local de instalação dos banheiros, as diferentes necessidades devem ser consideradas em edifícios públicos e em terminais de transporte.

 

3) As facilidades de uso das instalações e dos equipamentos.

 

-Devem ser examinadas tendo-se em vista os movimentos do corpo e as várias mudanças de postura exigidas por um ostomizado, desde o começo até o fim dos procedimentos necessários ao atendimento de suas necessidades (como por exemplo a mudança total das peças do sistema, estando de pé, sentado, etc).

 

4) Preparação do Ambiente.

 

-Claras instruções sobre como usar cada uma das instalações e seus equipamentos.

 

- Controle de acesso aos banheiros. A facilidade de acesso e uso por ostomizados é a premissa básica. Contudo, também, são importantes a utilização de mecanismos que impeçam a utilização por pessoas não autorizadas, especialmente, em terminais de transporte.

 

- Os símbolos indicando a disponibilidade de instalações para ostomizados devem ser claramente visíveis na entrada de cada banheiro.

 

 

Imagem indicadora do tópicoConclusão.

 

A instalação e o uso prático de banheiro para ostomizados no Japão está só começando e nós estamos vivenciando um processo de acerto e erro para estabelecer uma instalação ótima. Para atingir esta meta os ostomizados devem ser responsáveis por cooperar com as autoridades indicadas, Empresários e desenvolvedores de dispositivos em todas as fases de planejamento do uso e melhorias.

 

É esperado que com o aumento da disponibilização de banheiros para ostomizados ao longo do país a reabilitação dos ostomizados em suas comunidades seja acelerada. Oferecendo, assim, aos ostomizados Japoneses uma qualidade melhor de vida.

 

Também é esperado que esta iniciativa aumente a consciência pública sobre os problemas dos ostomizados. Espera-se que o símbolo ilustrado na Fig.6 seja um mediador para este propósito, como é o caso do símbolo da cadeira de rodas.

 

 

 

 

Google

Pesquisa personalizada


O Portal Ostomizados é produzido por Engº Spencer Ferreira, portador da Doença de Crohn e da condição definitiva de ileostomizado.
Licença Creative Commons
Esse conteúdo é licenciado sob uma Licença Creative Commons - Atribuição Não Comercial - Compartilhamento pela mesma licença 3.0 - Não Adaptada.
Autorizações adicionais podem ser obtidas em faleconosco@ostomizados.com.
***Site criado em janeiro de 2007***
*Política de Privacidade*